Blockchain Hyperledger —  Parte I : Introdução e Conceitos

As criptomoedas, em especial o bitcoin, tem sido a grande sensação do ano de 2017 com valorizações astronômicas e cada vez mais sendo pautadas em palestras e mídias sociais. Mas uma ótima oportunidade, e que apenas uma minoria está olhando, são as tecnologias que sustentam todos esses ativos e o novo mercado que vem surgindo baseado totalmente nos meios digitais, a Blockchain.

Apesar de ser ainda uma minoria, esses grupos tem criado projetos e plataformas incríveis que provavelmente proporcionarão grandes mudanças no cenário empresarial e de mercado, dentre elas, podemos citar o Ethereum, que armazena e executa Smart Contracts, código programado por um desenvolvedor a ser executado toda vez que ele é invocado. CordaRSKQuorum também são tecnologias que estão sendo desenvolvidas com o mesmo intuito, de dar transparência, imutabilidade (em alguns casos) e a execução de rotinas programadas. Dentre todas elas, uma em especial tem se mostrado efetiva com alguns cases já realizados pelo mundo, o Hyperledger.

Hyperledger

Projeto Hyperledger foi anunciado no fim de 2015 como um projeto colaborativo entre os principais players de diversas industrias. Gigantes como IBM, Fujitsu, Hitachi, Intel, R3 (desenvolvedor do projeto Corda), Accenture, dentre diversas outras, decidiram apostar no projeto sob a bandeira da Linux Foundation.

O principal objetivo do projeto é criar uma base Blockchain, com a possibilidade de não somente um, mas com vários “livros” distribuídos (ledgers), podendo permear diversas industrias, como as de tecnológicas, manufatura, logísticas e até as financeiras. Com tantas empresas contribuindo em um único propósito, o Hyperledger, algumas implementações começaram a surgir, como o FabricIroha e Sawtooth 

Hyperledger Fabric

Destinado como base para o desenvolvimento de aplicações ou soluções com uma arquitetura modular, o Hyperledger Fabric permite que componentes, como serviços de consenso e associação sejam plug-and-play. O Hyperledger Fabric aproveita a tecnologia de contêiner para hospedar contratos inteligentes chamados “chaincode” que compõem a lógica do aplicativo do sistema.

O Hyperledger Fabric foi inicialmente contribuído pela IBM, que hoje conta com um “blockchain as a service” dentro da sua plataforma IBM Bluemix. Entraremos no detalhe de sua arquitetura, diferenciais para o mercado e desenvolvimento nos próximos artigos.

 

Sawtooth

Framework Blockchain apresentado pela Intel, o Hyperledger Sawtoothutiliza uma plataforma modular para construção, implantação e execução de ledgers. Podem utilizar vários algoritmos de consenso com base no tamanho da rede. Por padrão, ele usa o algoritmo de consenso Proof of Elapsed Time(PoET), que fornece uma escalabilidade parecida com a da cadeia de blocos do bitcoin, mas sem o alto consumo de energia, permitindo uma rede altamente escalável com nós de validação. Hyperledger Sawtooth é projetado para a versatilidade, com suporte para implementações permissivas ou sem permissão (permissionless).

 

Hyperledger Iroha

Concebido para ser simples e fácil de incorporar em projetos de infraestrutura que exigem ledgers, o Hyperledger Iroha enfatiza o desenvolvimento de aplicativos móveis com bibliotecas de clientes para Android e iOS, tornando-o distinto de outros frameworks do Hyperledger. Encabeçada por empresas ocidentais como Soramitsu, Hitachi, NTT Data e Colu, o Hyperledger Iroha procura complementar tanto o Hyperledger Fabric, de quem ele é inspirado quanto o Hyperledger Sawtooth, ao mesmo tempo que fornece um ambiente de desenvolvimento para desenvolvedores de C ++ para contribuir com o Hyperledger.

Ferramentas

Blockchain é uma tecnologia totalmente abstrata, não conseguimos enxergar de forma fácil a criação de blocos ou verificar transações com um simples SELECT * FROM na base de dados. Criar o chaincode também não é uma tarefa trivial e implementa-lá na rede pode ser algo bem trabalhoso. Então algumas ferramentas foram desenvolvidas para facilitar um pouco mais o uso e propagação da tecnologia Hyperledger no mercado.

Hyperledger Composer

Construído com JavaScript e alavancado por ferramentas modernas, como node.js, npm, CLI e editores populares, o Hyperledger Composer tem o objetivo de tornar simples e rápida a construção de redes (chamadas Business Network) com contratos inteligentes e aplicativos que utilizem Blockchain. Oferece abstrações centradas no negócio, o que torna mais amigável o alinhamento entre os requisitos comerciais com o desenvolvimento técnico, tornando-se uma boa opção para criação de provas de conceito e até mesmo “MVP” (Minimum Viable Product) já que pode ser melhorado assim que validado.

Hyperledger Blockchain Explorer

Projetado para criar um aplicativo web amigável, o Hyperledger Blockchain Explorer pode visualizar, invocar, implantar ou consultar blocos, transações e dados associados, informações de rede (nome, status, lista de nós), chaincodes, bem como quaisquer outras informações relevantes armazenadas no ledger. O Hyperlockger Blockchain Explorer foi inicialmente contribuído em parceria pela IBM, Intel e DTCC.


Nessa série de artigos pretendemos abordar todos os aspectos, tanto de arquitetura, passando por configurações de ambientes e desenvolvimento de software com todas as ferramentas e frameworks apresentados afim de te facilitar a adoção do publico e a disseminação da tecnologia. Muitas documentações oficiais serão “linkadas” para um maior aprofundamento dos conceitos que envolvem o Projeto Hyperledger e dar insumo para embasamento nas proposições que os artigos abordarão.

Sempre que houver um novo artigo, ele será colocado ao final deste, para garantir você possa ter uma leitura mais fluida e de fácil pesquisa. Espero que gostem e deixo meu email jc@astarlabs.com para um contato direto, além do próprio Medium para ideias e criticas, além fomentar o debate.

Autor:

JC Bombardelli

João Bombardelli
CTO | Blockchain Engineer na A Star Labs

Profissional criativo e resoluto, com uma perceptível
capacidade de aprendizado e colaboração


0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esqueceu sua senha?